As jóias e coleções apresentadas são desenvolvidas pela designer Priscila Rebelo, que é apaixonada por cavalos e pelo simbolismo, ao mesmo tempo que traz consigo uma personalidade inquieta, curiosa e artística. A designer que é mãe da pequena Rafa, formada em Gestão Ambiental, é também arteterapeuta, guasqueira, artesã e empreendedora.

É com seu viés empreendedor que desenvolve então a marca Crina, ao se apropriar de técnicas de trançados unidas com a perspectiva da arteterapia – de ter contato com um material e o mesmo causar reação emocional.
 A designer participa de todo processo de produção, desde a coleta das crinas, a higienização, tratamento, seleção de fios, criação, desenvolvimento e montagem artesanal das peças.

Nesse sentido, a marca vai além do design, pois se propõe muito mais que uma função estética, como também reconectar as pessoas com seu poder natural. Ressignificar uma matéria prima genuína e valiosa, que é descartada na tosquia de equinos em todas as cabanhas atualmente, trazendo assim a sustentabilidade ambiental, bem como a econômica, fomentando a economia local do campo e valorizando a mão de obra feminina.